Dicas da Marta Dicas do Gaveteiro Gaveteiro

Mulher: Como se inseriu no mercado de trabalho masculino

Escrito por flavaccaro

O blog Gaveteiro.com.br comemora o dia Internacional da Mulher apresentando a inserção da mulher no mercado de trabalho masculino. Acesse o blog e confira!

Atualmente a mulher tem espaço e voz cada vez maior no ambiente de trabalho principalmente em áreas que antigamente eram predominantemente masculinas. Acompanhe aqui a evolução da mulher no mercado de trabalho.

Há não muito tempo atrás era comum que a mulher cuidasse apenas de casa e o marido fosse o único provedor de renda. Com as mudanças no mundo corporativo, o aumento da participação feminina em diversos setores empregatícios é um dado significante.
A mulher deixou ser apenas professora, cozinheira ou dona de casa e passou a ocupar cargos considerados exclusivamente “masculinos” em delegacias, oficinas mecânicas, indústrias, metalúrgicas e cargos altos no exército.
Ainda há muito preconceito, mas isso não impede que as mulheres se destaquem em suas áreas de trabalho.

Por que as mulheres estão escolhendo profissões consideradas mais masculinas?

O plano de carreira e os salários mais atrativos das profissões masculinas chamaram a atenção do publico feminino que, hoje em dia, é dotado de mulheres que são responsáveis financeiramente pela casa e estudos, tanto delas quanto dos filhos.
Por isso, a busca por emprego em áreas diversas que fujam do lugar comum é essencial. E as mulheres se aproveitaram dessa abertura e começaram a ocupar cargos diferentes do esperado.
Atualmente temos mulheres que são referência na arquitetura, na internet, na programação, na construção civil, na indústria automobilística e em muito outros ambientes que antes eram exclusivamente masculinos.

Preconceito + Força de vontade

Ainda existem empresas que resistem em contratar mulheres para ocupar cargos mais altos por acharem que filhos e família podem atrapalhar seu desempenho dentro de determinados segmentos no mercado profissional. Mas, ainda assim, as mulheres insistem e conseguem empregos nessas áreas. Infelizmente, ainda em 2017 dados apontam que mulheres recebem salários até 34% menores que os homens que exercem a mesma função e que possuem a mesma escolaridade.
Contudo, isso não quer dizer que as mulheres desistam de se arriscar em cargos fora dos “padrões”, cada vez mais as mulheres se sobressaem e conquistam a gestão dentro das empresas e multinacionais.

E porque escolher mulheres para trabalhar em sua empresa?

Alguns serviços necessitam de algumas características mais presentes no público feminino, como sensibilidade, percepção, afetividade e habilidade em relacionamento intrapessoal, que são pontos encontrados com facilidade em profissionais do sexo feminino.
Mulheres possuem nível de escolaridade maior que os homens, ocupando também a maior parte em universidades e pós-graduação, segundo dados do IBGE. Ou seja, as mulheres tem total capacidade de assumir funções tão ou mais complexas que os homens, basta surgir a oportunidade.

Você Sabia?

1- A primeira mulher a ser eleita para governar um país na Era Moderna foi Sirimavo Bandaranaike, do Sri Lanka. Ela se tornou primeira-ministra da ilha em 1960 e foi reeleita em 1970.

2- Em 2012, 17 países do mundo tinham mulheres como chefes de Estado. Esse número mais do que dobrou desde 2005.

3- Cerca de 70% das mães com filhos menores de 18 anos trabalham. Em 1975, esse número não chegava aos 47%. Até a segunda metade do século 20, as mulheres que trabalhavam fora de casa eram empregadas domésticas, costureiras, lavadeiras ou operárias, salvas raras exceções.

4- A primeira mulher a ganhar o prêmio Nobel foi a física Marie Curie. Além disso, ela foi a única mulher a ganhar o prêmio duas vezes e em áreas distintas.

Links interessantes sobre o assunto:

1. Marie Curie.

2. Diferença salarial entre gêneros.

3. Mulheres estudam mais tempo que os homens.

4. Mais informações sobre a mulher e o Dia Internacional da Mulher.

Sobre o autor

flavaccaro

Flavia é redatora do Gaveteiro.com.br

Deixar comentário.

Share This