Comércio/Logística

Papelão Ondulado: Manual de Orientação

Escrito por flavaccaro

As caixas de papelão são usadas diariamente. Mas sabemos distinguir qual a correta para proteger cargas e objetos? Saiba tudo sobre caixas clicando aqui!

O papelão tem diversas utilidades, principalmente as caixas de papelão que são necessárias em muitos ambientes de trabalho.

Logísticas, lojas de presentes, hipermercados, papelarias, restaurantes e centrais de distribuição precisam de caixas para embalar e enviar seus produtos com segurança.  Contudo, é necessário conhecimentos acerca dos melhores materiais e a gramatura do papel usado para que não haja a deformação quanto à resistência e a aparecia da embalagem.

Como é feito o papelão?

caixas-de-papelão-montadas-e-abertas-em-um-cenario-branco

O papelão com qualidade, feito sob as exigências da NBR-5985 é composto por 03 partes coladas: Duas capas, que são as partes lisas das extremidades e o miolo, feito de forma ondulado localizado entre as capas. Essa parte é responsável por dar sustentação ao produto absorvendo parte do choque sem deixa-lo exposto a perfurações e deformações.
Assim como diversos produtos, existem diferentes tipos de papelão, que podem ser feitos com mais de 2, 3 ou 4 capas e miolos – dependendo da finalidade – em que as ondulações podem ser feitas de materiais diferentes, com mais ou menos espessura. Cada estrutura de papelão formada para uma finalidade específica, pode ser resistente a esmagamentos, a compressão de colunas e pilhagem e arrebentamento.

Ondulação

papelao-ondulado-sobreposto

O sentido da ondulação é relacionado com o bom desempenho do papelão, referindo-se a sua resistência à perfuração.
As ondas é a forma a qual o miolo é feito, sendo responsável pelo reduto do papelão. Caixas desse tipo são recomendadas para estocagem.
Para saber quantas caixas podem ser empilhadas sem que o produto sofra estragos, você deve saber o nível em que o produto está classificado dentro das estruturas.

Calculando dimensões e quantidades de ondas:

Para calcular a resistência de compressão de uma embalagem de papelão, existe a fórmula de Mackee, que também oferece o fator de segurança e umidade para empilhar esse material.

Para calcular os parâmetros de resistência das colunas e arrebentamento:

P = K x C x √(p x e)

Onde:

P= Carga de colapso
K= Constante
C= Coluna
p= Perímetro da caixa
e= Espessura do papelão

Estruturas:

Estrutura PS (Parede Simples): somente com 01 miolo e 02 partes planas.

Estrutura PD (Parede Dupla): feito com mais de 01 miolo e 03 partes planas, aumentado na mesma proporção que o miolo.

Essas estruturas seguem algumas regras de espessura de ondulação, mostrando qual o nível de resistência à compressão. Aqui temos o tipo de onde A, em que a espessura do papelão ondulado deve ser de 4,5 mm a 5,0 mm; a espessura do papelão de onda tipo B (onda baixa) deve ser de 2,5 a 3,0 mm; do tipo C (onda alta) deve ser de 3,5 mm a 4,0 mm; e o E (micro ondulado) deve ser de 1,2 mm a 1,5 mm.

Tipos de parede:

Trata-se de quantos papelões são unidos para dar resistência à caixa de papelão. Quanto mais faces unidas, mais peso a caixa suporta. Veja abaixo os tipos de parede:

Face Simples: Estrutura formada por um miolo (elemento ondulado) colado a uma capa (elemento plano);

Parede Simples: É uma estrutura formada por um elemento ondulado que está colado dos dois lados de um elemento plano;

Parede Dupla: Quando a estrutura é formada por três elementos planos colados a dois elementos ondulados de forma intercalada;

Parede Tripla: Quatro elementos planos colados em três elementos ondulados de forma intercalada;

Parede Múltipla: Estrutura formada por cinco ou mais elementos planos que ficam colados a quatro ou mais elementos ondulados de forma intercalada.

Resistência

Primeiramente, a caixa de papelão deve estar totalmente preenchida para poder ser empilhada sem que haja o estrago da embalagem; Depois deve ser observado em qual estrutura a mesma esta localizada – se em Estrutura PS ou Estrutura PD; Cada fabricante tem uma tabela informando as especificações do seu papelão fabricado, essa especificação é baseada nos testes de resistência a que o produto na posição vertical é submetido. E em alguns casos, para a fabricação de embalagens também, tem-se os teste feitos na posição horizontal, o chamado compressão de resistência de embalagem. Em algumas embalagens, as ondulações ficam na horizontal, o que não dá muita resistência a mesma. Caixas fabricadas nos padrões do tipo E, por exemplo, são as mais resistentes, quando se trata da embalagem de produtos pesados ou de lugares que podem furar a embalagem.

Resistência do papelão

Para fabricar caixa de papelão com boa resistência é preciso que os fabricantes submetam os seus produtos a alguns testes.

RCT – Ring Crush Test: Teste de esmagamento do Anel

Os papeis que formam o papelão são organizados em um suporte em forma de anel, onde estes são prensados até haver o colapso. Visa verificar a qualidade dos papeis em separados: a capa e o miolo. Esse teste é conhecido como esmagamento do anel.

SCT – Short Span Compression Tester: Teste de Compressão de Curto Alcance

Mais conhecido como teste de coluna, esse teste da chapa do papelão já colado, é mantido na vertical, sendo esmagado verificar até onde as paredes dos miolos resistem quanto a impactos. Esse teste visa estabelecer produtos contra a deformação e a curvatura.

Resistência a Compressão de Embalagem:

Esse é o teste da caixa como um todo. Testa a coluna e a qualidade do papel. Visa quantificar a sua resistência quanto à empilhagem e ao volume (produto embalado).

Dicas de uso

caixas-de-papelao-organizadas-e-enfeitadas-com-lacos-papel-manteira-e-sobre-um-papel-de-presente

  • Quando exposto á umidades e ao Sol, o papelão perde suas características físicas, ou seja, muda de cor, textura e resistência. Para garantir a qualidade, mantenha-o em local arejado e coberto.
  • Não manuseie caixas de papelão pelas abas, isso pode danificar o produto.
  • O empilhamento de uma caixa sobre a outra pode causar rasgos nas laterais e perda das dimensões originais. Estoque as embalagens de papelão de forma adequada para manter sua qualidade.

 

 

 

 

Sobre o autor

flavaccaro

Flavia é redatora do Gaveteiro.com.br

Deixar comentário.

Share This