Construção Civil Indústria

Ferramentas Pneumáticas x Ferramentas Elétricas

Escrito por karolinenicolosi

As ferramentas mais utilizadas nos ambientes profissionais são as pneumáticas e as elétricas. Aprenda agora qual a diferença entre elas e escolha a adequada para os eu local de trabalho. 


Ferramentas Pneumáticas – O que são?

É toda e qualquer ferramenta que trabalhe com ar comprimido.
No mercado existem vários tipos de ferramentas pneumáticas que suprem a necessidade da indústria civil, indústria naval, indústria mecânica, metalúrgicas, oficinas mecânicas, serralherias, funilarias e vários outros setores. Ao invés de usarem eletricidade para funcionar, esse tipo de ferramenta trabalha ligada à compressores de ar que fornecem a potência necessária para que elas funcionem corretamente.

 

 

 

O que é ar comprimido?

São fluídos não tóxicos e não inflamáveis que quando aquecidos, entram em combustão para gerar potência necessária para o funcionamento das ferramentas.

Como funcionam?

Os fluídos quando entrem em altas temperaturas, geram combustão que quando vazado, se movimentam pelo tubo deslocando tudo o que estiver pela frente. Ou seja, é o processo de gerar energia na forma de calor para que a máquina forneça a pressão necessária para o funcionamento da ferramenta.

Ferramentas pneumáticas funcionam quando conectadas:
Ao serem conectadas aos compressores de ar, as ferramentas recebem uma força para auxiliar na distribuição de pressão dada ao movimento. Se esta ferramenta receber uma força maior, ela interrompe o movimento na hora. Diferente da elétrica que pode trazer prejuízos e riscos à segurança física de quem a manuseia.
A potência recebida pelo ar pneumático ocorre a partir da relação entre a quantidade de ar que escapa do compressor e a vazão da combustão pelo tubo. O uso dessa ferramenta, além de garantir mais qualidade no trabalho, trás também economia de energia elétrica.

a-diferença-entre-ferramenta-pneumatica-e-eletrica

Ferramentas elétricas – O que são?

São ferramentas manuais que só funcionam quando ligadas na tomada.
Por ser uma ferramenta portátil, chega a ser muitas vezes, mais consumida pela sua praticidade. Diferente das pneumáticas que, por serem conectadas ao compressor, ficam limitadas em relação ao seu deslocamento/ transporte.
Por ser mais consumida, torna-se um produto muito mais barato em relação às ferramentas  pneumáticas.
As pneumáticas possuem tempo de vida maior e seu custo de manutenção é bem menor em relação ao beneficio que o produto trás com o seu tempo de durabilidade.
Ferramenta-eletrica-laranja-furadeira

Como funcionam?

As ferramentas funcionam quando recebem cargas elétricas advindas de conexões diretas da tomada. Quando um fio metálico é ligado na tomada, os elétrons da tomada (que esta ligada a uma instalação elétrica) começam a oscilar transmitindo sua energia para os fios da ferramenta e com sua carga, as ferramentas obtêm a potência certa para o funcionamento. Se a ferramenta receber uma carga de energia maior, ela pode queimar, e dependendo da intensidade, pode até mesmo ocorrer incêndio na instalação elétrica.
As ferramentas elétricas são recomendadas para trabalhos manuais de baixo nível de complexidade como: montagem de móveis em residências e escritórios em lugares pequenos, tornando-se ferramentas discreta para se ter em qualquer ambiente que não seja a indústria e a construção civil, por exemplo.
Para cada tipo de situação existe um tipo de ferramenta que melhor se adeque a atividade a ser executada. Portanto, para ficar mais fácil de encontrar a ferramenta, deve-se se levar em conta além do trabalho, o ambiente e o custo que aquele produto trará a empresa.
Assim como as ferramentas elétricas são indicadas para trabalhos manuais mais simples, as ferramentas pneumáticas são indicadas para trabalhos mais complexos como: pinturas em funilarias, aperto de parafusos em indústrias automobilísticas, entre outros.

 

Sobre o autor

karolinenicolosi

É redatora do Gaveteiro.com.br

Deixar comentário.

Share This