Dicas do Gaveteiro

Temperatura do ambiente de trabalho: como evitar doenças respiratórias

Escrito por flavaccaro

Uma situação muito importante está relacionada à temperatura do ambiente de trabalho. Ela deve ser muito bem controlada para que os colaboradores se sintam confortáveis e saudáveis em suas rotinas. Algumas empresas têm dificuldades e não conseguem tomar decisões eficientes nessas horas.

escritorio-com-temperatura-do-ambiente-amena

A segurança do trabalho é um assunto muito importante hoje em dia. Ela é responsável por garantir o bem-estar e a qualidade de vida de cada funcionário de uma empresa. Dessa maneira, é necessário acompanhar as novidades do mercado e aplicar estratégias e tecnologias que a promovem.

O trabalho na indústria oferece vários riscos para os seus operadores em muitos casos. As máquinas e os sistemas são grandes e complexos, exigindo muito cuidado e atenção. Detalhes e descuidos provocam graves consequências para a gestão, bem como a paralisação da linha produtiva e passivos trabalhistas.

Por isso, este post vai tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto. Explicamos conceitos, abordamos as questões normativas e damos dicas para evitar as doenças laborais. Confira a seguir.

Qual é a temperatura ideal no ambiente de trabalho?

Cada tipo de negócio tem características e objetivos diferentes, certo? Apesar dessas diferenças, todas as gestões devem oferecer boas condições aos seus trabalhadores. Pensando nisso, a Norma Regulamentadora 17 (NR 17) foi criada. Ela estipula os parâmetros ergonômicos para proporcionar segurança e conforto.

O item 17.5 mostra quais são as características ideais de um bom ambiente de trabalho. Esse documento faz as seguintes determinações nos locais onde são realizadas atividades que exigem trabalho intelectual e atenção, como laboratórios, escritórios, salas de análise de projetos e de controle:

  • níveis de ruído abaixo dos valores estabelecidos na NBR 10152;
  • índice de temperatura do ambiente de trabalho efetiva entre 20ºC e 23ºC;
  • umidade relativa do ar acima de 40%.

Seguir essas recomendações é dever de um profissional que deseja reduzir o número de acidentes, aumentar o engajamento do time e trabalhar dentro das normas. Quando elas não são respeitadas, a performance da produção é colocada em risco. Isso acontece porque a natureza do ambiente externo afeta a produtividade da equipe.

Períodos de calor intenso provocam alterações de temperatura no corpo humano e doenças respiratórias, assim como tempos mais frios.

Entenda melhor com o seguinte exemplo: a sala de controle de uma empresa conta com um ar-condicionado, que sempre atua em baixas temperaturas. Certo trabalhador sai dessa sala e passa pelo setor de produção, local onde existem máquinas e grande troca de calor. A brusca mudança de temperatura atrapalha o funcionamento das vias respiratórias, provocando doenças e outros problemas.

Quem não segue as recomendações normativas pode sofrer inúmeras consequências, como:

  • multas aplicadas pelo Ministério do Trabalho;
  • embargos ou interdição da linha de produção;
  • afastamentos;
  • pagamento de adicionais de insalubridade;
  • ação civil pública;
  • despesas com tratamento médico.

Quais são as doenças mais comuns?

Uma indústria deve oferecer boas condições aos seus trabalhadores. Um ambiente muito quente ou muito frio cria grande desconforto térmico para todos. Além de atrapalhar a disposição para realizar as operações, ele provoca várias doenças laborais.

As doenças respiratórias prejudicam o funcionamento dos órgãos responsáveis pela troca de ar, função vital para a vida humana.

A rinite alérgica é caracterizada pela inflamação das mucosas nasais, provocando coceiras e espirros. Já a inalação da poeira que contém sílica provoca a silicose. Ela endurece os pulmões e facilita o desenvolvimento de outras doenças, como a tuberculose e o enfisema. Situações mais graves causam câncer de pulmão.

Como é possível prevenir essas doenças?

Após conhecer todas essas questões, você deve estar se perguntando quais são as dicas mais eficientes para otimizar as atividades e evitar problemas na sua gestão, não é mesmo? A seguir você vai encontrar importantes dicas para controlar a temperatura do ambiente de trabalho e evitar doenças respiratórias:

Usar a climatização evaporativa

Resfriar ambientes industriais é uma tarefa complicada. Geralmente esses locais são grandes e contam com equipamentos que geram calor. Portanto, você deve planejar muito bem o projeto de climatização. Existem aparelhos especializados para esse tipo de atividade.

A climatização evaporativa utiliza a umidificação para resfriar o ar. Diferentemente do ar-condicionado, esse aparelho eleva a umidade do ambiente, o que é extremamente favorável para a saúde dos funcionários. Saiba também que a climatização permite que o ar circule e não deixa que substâncias nocivas, que provocam doenças, fiquem no ambiente.

Trabalhar com bons equipamentos de proteção

Os equipamentos de proteção individual (EPI) são essenciais porque protegem o trabalhador durante a sua jornada. Existem vários EPIs, exigindo cuidados especiais em cada caso.

A proteção respiratória ajuda a combater doenças e os efeitos de substâncias nocivas, como gases, névoas e poeiras. O respirador purificador de ar descartável ou com filtro é um exemplo muito importante nessas horas. Ele deve estar de acordo com o tamanho do rosto do colaborador e realmente filtrar o agente químico.

Treinar a equipe

Uma empresa de sucesso é formada por trabalhadores engajados, que sabem realizar as suas funções com segurança e qualidade. Dessa maneira, você deve promover treinamentos com todos os colaboradores constantemente. Ao tomar essa atitude, é possível difundir o conhecimento e mantê-los atualizados com práticas eficientes.

Palestras e cursos também servem para tirar dúvidas, que atrapalham a performance e colocam em risco a saúde do funcionário. Então, faça de tudo para utilizar materiais educativos e de fácil compreensão. Esteja preparado para escutar o que todos têm a dizer sobre as atividades industriais e utilize esse feedback para otimizar as suas decisões.

As doenças respiratórias agem silenciosamente, por isso elas não são diagnosticadas precocemente. Você deve controlar a temperatura do ambiente de trabalho para evitar esse tipo de problema. Utilizar climatizadores e EPIs adequados às suas atividades são ótimas maneiras para garantir a proteção e a saúde de todos.

De qualquer forma, sempre fique atento e realize melhorias na sua gestão para promover a segurança do trabalho no seu negócio. Em todas as situações, trabalhe com parceiros que oferecem produtos e soluções que estão de acordo com as demandas normativas e de mercado.

Gostou do nosso post? Quer aprender ainda mais sobre as melhores técnicas para promover segurança do trabalho? Então assine a nossa newsletter e acompanhe outros conteúdos!

banner-com-varios-produtos-vendidos-no-e-commerce

Sobre o autor

flavaccaro

Flavia é redatora do Gaveteiro.com.br

1 comentário

Deixar comentário.

Share This