Construção Civil

Ferramentas elétricas: tire aqui suas principais dúvidas

Escrito por flavaccaro

As ferramentas elétricas, como furadeiras, esmerilhadeiras, tupias, máquinas de solda, serras circulares, lixadeiras, entre outras, são fundamentais para o trabalho na indústria. Afinal, são mais práticas, confortáveis e eficientes que as manuais. Por isso, não é possível negar que elas agilizam e potencializam a produção no ambiente laboral.


imagens-ilustrativa-de-luvas-a-ser-usadas-na-cozinha-epi-em-latex-e-antitermica-mais-usada-na-cozinha-industrial

Neste post, você vai saber a importância desses equipamentos, além de aprender a usá-los com total segurança. Confira!

Por que as ferramentas elétricas são importantes?

homem-usando-uma-furadeira-em-uma-parede

 

Quantas vezes ouvimos alguém dizer no ambiente laboral que um trabalho melhor poderia ter sido realizado se algum um equipamento ou ferramenta mais adequada estivesse disponível?

Além de representarem um avanço tecnológico no sentido de exercer trabalhos pesados com mais facilidade (como cortar e furar metais, serrar superfícies rígidas e montar grandes estruturas), as ferramentas elétricas proporcionam um desenvolvimento de ambiente sustentável nas indústrias.

O motivo é simples: os equipamentos elétricos não utilizam a queima de combustíveis fósseis para o seu funcionamento, são mais seguros quando usados da maneira correta, trabalham de forma mais precisa e, muitas vezes, também são mais econômicos. Dessa forma, otimizam o trabalho com menor índice de poluição.

Como usar ferramentas elétricas?

ferramentas-eletricas-e-homem-com-epi

Apesar de tantas vantagens, lidar com ferramentas elétricas não é tão simples. Para que a adoção de recursos que facilitem a execução do trabalho não acabe se tornando um grande perigo, é preciso ter cuidado na hora de utilizar certos equipamentos, principalmente com relação à própria eletricidade e partes cortantes dos utensílios. Confira nos próximos tópicos as melhores práticas para lidar com essas ferramentas.

Selecionar as ferramentas corretas para cada situação

homem-usando-uma-ferramenta-eletrica-em-um-motor

Existem diversos tipos e usos distintos de ferramentas. As lixas e esmerilhadeiras, por exemplo, têm materiais especiais adequados para polir, cortar ou lixar cada tipo de superfície. Sendo assim, defina cada instrumento de acordo com o seu objetivo antes de começar o trabalho. Na dúvida, não deixe de ler o manual de instruções.

Em hipótese alguma adapte sua ferramenta para alguma atividade que ela não foi projetada para fazer. Utilizar a broca de uma furadeira para lixar uma superfície, por exemplo, pode não apenas estragar o equipamento como ocasionar acidentes sérios.

Usar os EPIs necessários

Os acessórios utilizados e até o jeito como você se veste fazem toda diferença na hora de manusear ferramentas elétricas. Roupas muito justas, por exemplo, podem reduzir a mobilidade e dificultar reflexos rápidos em caso de imprevistos ou acidentes. As vestimentas folgadas, bem como o uso de adornos, por outro lado, podem se prender nas peças e provocar acidentes.

Outro fator importante é o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como luvas, capacetes, calçados de segurança, abafadores de ruídos e óculos de proteção. Alguns deles podem ser indispensáveis na hora de manusear suas ferramentas elétricas, como as máquinas de solda, por exemplo.

Manusear equipamentos com cautela

Parece óbvio, mas muita gente se esquece de fazer o básico na hora de manusear ferramentas elétricas. Ao usar seus equipamentos, nem pense em carregar ou puxar o aparelho pelo cabo. Na hora de desligá-lo da tomada, puxe somente o plug, e não o fio. Esses cuidados simples evitam que o equipamento estrague ou cause acidentes.

Outra dica importante é cortar os materiais da forma correta, sempre deixando a lâmina posicionada no sentido oposto ao seu. Também não deixe as partes cortantes à mostra, evitando tocar nestas áreas mesmo que o equipamento esteja desligado. Caso a máquina tenha lacres ou proteções, não as retire sem a devida solicitação, pois esses acessórios são instalados para garantir a segurança do manuseio.

Conservar bem todas as ferramentas

Já experimentou cortar algo com uma faca enferrujada? O atrito entre a ferrugem e a superfície a ser cortada dificulta o movimento, certo? O mesmo ocorre com as suas ferramentas elétricas: em contato com água ou umidade, elas oxidam.

É por esse e outros motivos que você não deve usar os equipamentos elétricos em ambientes úmidos ou molhados. Para evitar acidentes, prefira áreas bem iluminadas e com o menor número de pessoas no local.

Também é importante limpar os utensílios logo após o uso, utilizando panos umedecidos, lenços, pincéis ou promovendo uma lavagem a seco. Outra boa dica é aplicar óleo na ferramenta eletrônica a cada seis meses. Afinal, o modo de guardar os equipamentos também influencia a sua conservação e durabilidade.

Por fim, caso enfrente qualquer dificuldade de uso ou manuseio de sua ferramenta elétrica, não tente resolvê-lo por conta própria. Você pode contar com a ajuda de um técnico de segurança ou área responsável para isso.

Quais regras de segurança devo observar?

homem-trabalhando-com-ferramentas-eletricas-e-com-um-oculos-de-protecao

NR12 é a norma regulamentadora brasileira responsável por estabelecer regras de proteção que valorizem a integridade física de seus usuários durante o uso de máquinas e equipamentos. Segundo ela, cabe ao empregador adotar medidas de proteção coletivas e individuais, além de garantir que as ferramentas elétricas operem com dispositivos de segurança.

O trabalhador, por outro lado, deve se comprometer a utilizar corretamente os EPIs fornecidos pelo empregador e cumprir as orientações de seu treinamento sobre a inspeção, limpeza e operação das ferramentas elétricas.

NR10 também deve ser observada, já que demonstra medidas preventivas e de controle sobre colaboradores que interajam com serviços ou instalações que usam a energia elétrica, de forma direta ou indireta.

Essa norma também dispõe de orientações mais específicas no que diz respeito à construção, montagem, operação e manutenção seguras de dispositivos elétricos na indústria, bem como regras para aqueles funcionários que trabalham em instalações de alta tensão.

Por fim, a empresa também pode criar o seu próprio manual de regras de segurança, incluindo normas gerais, como: nunca forçar a ferramenta, não separar as pernas dos cabos elétricos, manter o equipamento sempre desligado quando não estiver em uso, entre outras dicas.

Agora que você já sabe como ser cauteloso ao manusear ferramentas elétricas, é hora de se preocupar com outro ponto importante: a procedência dos equipamentos que você adquire. A Gaveteiro dispõe de itens reconhecidos pela alta qualidade e excelente custo-benefício. Se você deseja conhecer melhor a nossa lojaentre em contato conosco e descubra como podemos lhe ajudar!

 

banner-com-ferramentas-eletricas-para-comprar-no-Gaveteiro

Sobre o autor

flavaccaro

Flavia é redatora do Gaveteiro.com.br

Deixar comentário.

Share This