Comércio/Logística

Aprenda como embalar produtos da maneira correta!

Escrito por flavaccaro


Saber como embalar produtos de maneira correta é essencial para toda empresa que deseja oferecer uma experiência satisfatória para o seu cliente, desde o momento de atração até a entrega da mercadoria.
imagens-ilustrativa-de-luvas-a-ser-usadas-na-cozinha-epi-em-latex-e-antitermica-mais-usada-na-cozinha-industrial

O fato é que nenhuma estratégia de marketing trará resultados consistentes se o produto chegar à casa do cliente avariado ou enrolado em um material comum. Com a acirrada concorrência do mercado atual, os detalhes fazem toda diferença.

Continue lendo e saiba da importância de escolher embalagens de qualidade, além de conferir as melhores dicas de como embalar produtos de maneira correta. Boa leitura!

Por que é importante escolher embalagens adequadas e de qualidade?

varias-embalagens-de-papelao-em-volta-de-um-globo-terrestre-com-os-paises-sinalizados-em-papelao

Oferecer uma experiência diferenciada para o cliente deve ser uma preocupação inerente a todas as empresas. Em todos os estágios de compra, o consumidor deve receber um atendimento de qualidade e nivelado. Entregar um produto com embalagem certa e de qualidade precisa fazer parte desse planejamento.

Quando se fala em embalagem adequada, espera-se que ela cumpra com os três requisitos primordiais:

  • proteger o produto;
  • trazer informações acerca da mercadoria;
  • garantir que o produto chegue intacto ao consumidor.

Todavia, a qualidade e a diferenciação acontecem justamente quando você ultrapassa os fatores básicos e faz com que a embalagem também tenha o poder de encantar o público. E sendo bem trabalhada, isso é possível. Continue lendo e saiba como.

Como embalar produtos da maneira correta?

homem-fechando-a-embalagem-com-fita-adesiva-em-um-dispenser-de-fita-adesiva-em cima-de-varias-outras-caixas-de-papelao

Agora que você já sabe que uma embalagem correta pode ser um grande diferencial competitivo para a sua empresa, confira como ser bem-sucedido nessa tarefa.

Considere as características dos produtos

É uma afirmação óbvia, mas cada produto tem suas próprias características. Trazer essa ideia à tona é importante, pois é a primeira coisa que você deve considerar se quiser acertar na hora de embalar as mercadorias.

Dimensões e peso são alguns dos fatores que devem ser levados em conta no momento de embalar e enviar ao consumidor.  Mas não se limite a isso, as características reais das mercadorias devem ser analisadas para que você consiga apresentar um trabalho diferenciado.

Apresentaremos três exemplos para que você entenda como é importante considerar diferentes aspectos no momento da embalagem.

Roupas e demais itens de tecido

Roupas e tecidos em geral não são frágeis como outros produtos. Essas mercadorias não correm o risco de “quebrar” durante a viagem. Aqui, a atenção precisa estar voltada para outras questões.

A embalagem deve ser aplicada com o objetivo de proteger os produtos de manchas, umidade, rasgos, entre outros — além de assegurar que as roupas não fiquem com mau cheiro ou cheguem amassados às mãos do cliente.

Líquidos

Obviamente, a preocupação aqui deve ser voltada à manutenção dos líquidos dos recipientes. Geralmente, a mercadoria é envasada em garrafas de vidro ou plástico. Por isso, é preciso certificar-se se todas estão fechadas e lacradas.

É importante que a embalagem ocupe todo o espaço da mercadoria. Caso sobre algum vácuo, é recomendável preencher com material absorvente. Além disso, é vital colocar um aviso na embalagem para o que produto seja transportado sempre em pé.

Louças, vidros e outros “quebráveis”

Esse tipo de produto, sem dúvida alguma, é aquele que deve receber maior atenção no quesito integridade. O material utilizado na embalagem precisa ser resistente e de qualidade.

Na hora de embalar, deve ser feita a separação peça por peça. Deve-se considerar a utilização de itens que aumentem a segurança do produto, tais como:

  • papel-jornal;
  • plástico-bolha;
  • isopor.

Coloque informações completas

maos-segurando-uma-embalagem-de-papelao-com-um-barbante-em-volta-e-com-endereco-e-selo-para-envio-da-caixa-de-papelao

Como explicado, além de proteger a mercadoria, as embalagens precisam trazer informações consistentes sobre o tipo de produto que está sendo comercializado. Afinal, é bastante frustrante quando um cliente não consegue encontrar questões básicas na embalagem do produto desejado.

Por isso, para seguir o padrão e transformar a experiência do usuário, apresente uma comunicação clara e detalhada. Ainda que alguns termos técnicos sejam necessários — e até obrigatórios por lei —, priorize por informações de fácil entendimento.

Prime pela resistência da embalagem

Não adiantará trabalhar na imagem da embalagem e nas informações apresentadas, se a mercadoria chegar danificada ao destino final. No mundo corporativo, sempre é possível realizar reduções de custos, mas há alguns pontos em que economizar não vale a pena.

Trabalhar com materiais duvidosos ou de conhecida baixa qualidade não trará nenhum tipo de economia para o seu negócio. Se o produto sempre chegar com avarias, o seu retorno por investimento praticamente deixa de existir.

Então, não corra riscos: prime sempre pela resistência da embalagem. Conte com fornecedores que tenham bom histórico e ofereçam materiais resistentes. Seja detalhista ao máximo possível para entender o quão seguro os produtos utilizarão essas embalagens.

Prefira materiais sustentáveis

varias-embalagens-de-papelao-cerradas-umas-sobre-as-outras-em-algum-lugar-nao-identificado

Sustentabilidade é um conceito em voga na sociedade e no mundo corporativo. A empresa que traz essa filosofia para o seu dia a dia ganha maior respaldo com o mercado e os clientes.

Para se diferenciar da concorrência e se aproximar dos consumidores, utilize embalagens que advenham de matérias-primas sustentáveis — estudar o histórico do fornecedor é uma prática necessária também nesta etapa.

Além disso, crie um planejamento inteligente para evitar desperdício de materiais e dar um fim correto nas embalagens não aproveitadas. Além de cumprir o papel dentro da ideia de sustentabilidade, a sua empresa conseguirá economizar em alguns processos.

Proporcione uma experiência diferenciada ao consumidor

homem-entregando-uma-embalagem-de-papelao-para-uma-mulher-de-camisa-amarela-sobre-varias-outras-caixas-de-papelao

Além de todos os cuidados citados anteriormente, o processo de embalagem da sua empresa deve estar voltado para entregar uma experiência diferenciada ao consumidor — ou seja, permitir que o cliente se sinta especial desde o momento de “desembrulhar” a mercadoria.

A embalagem faz, sim, toda diferença. Qualquer comprador se sente gratificado ao perceber que a empresa teve todo um trabalho para garantir a segurança e preservar as principais características do produto — tudo isso para que o cliente recebesse o item da melhor maneira possível. O cuidado e o capricho são facilmente percebidos.

Enfim, essas foram algumas dicas primordiais de como embalar produtos de maneira correta e segura, a fim de oferecer uma experiência personalizada para os consumidores.

Mas para extrair todos os resultados pretendidos dentro da estratégia, é fundamental adquirir materiais de fornecedores confiáveis e que apresentem um consistente trabalho dentro do mercado. Analise as informações e aproxime cada vez mais o cliente da sua empresa.

Gostou das dicas? Então, que tal agora conferir o nosso artigo sobre tipos diferentes de caixa de papelão?

Sobre o autor

flavaccaro

Flavia é redatora do Gaveteiro.com.br

Deixar comentário.

Share This