Indústria

7 dicas para não errar no armazenamento de produtos químicos

Fernanda Silva
Escrito por Fernanda Silva


Empresas que trabalham com armazenamento de produtos químicos precisam tomar muito cuidado para evitar acidentes que podem prejudicar a saúde e a integridade física dos funcionários. Com alto poder de toxicidade e corrosão, essas substâncias podem causar incêndios e explosões, além de problemas respiratórios e danos à pele.imagens-ilustrativa-de-luvas-a-ser-usadas-na-cozinha-epi-em-latex-e-antitermica-mais-usada-na-cozinha-industrialÀ vista disso, para lidar com esses produtos, três eixos principais devem ser considerados: o armazenamento, o transporte e o manuseio. Dessa forma, evita-se consideravelmente os riscos de contaminação e acidentes de trabalho.

Neste post, falaremos sobre esses três eixos apresentando 7 dicas certeiras para você não errar no armazenamento de produtos químicos na sua empresa. Boa leitura!

1. Considere a compatibilidade química dos produtos no armazenamento

Primeiramente, considere que os produtos químicos podem ser de diferentes formulações: tóxicos, voláteis, corrosivos ou inflamáveis. Devido às suas propriedades, podem reagir violentamente entre si, provocando explosões ou gases inflamáveis e tóxicos.

Assim, torna-se necessário mantê-los afastados de acordo com suas compatibilidades. Um erro comum de muitas empresas, ao fazer o armazenamento de produtos químicos, é organizá-los em ordem alfabética ou numérica.

Essa organização, apesar de prática, não é adequada, já que colocar químicos incompatíveis lado a lado pode causar sérios acidentes.

O ideal é sempre considerar a tabela de compatibilidade química antes de organizar o estoque de produtos. Além disso, é possível segregar os químicos seguindo o critério da Universidade de Michigan, EUA, organizando-os da seguinte forma:

  • sólidos inflamáveis;
  • líquidos inflamáveis, combustíveis ou ácidos orgânicos;
  • ácidos minerais;
  • oxidantes;
  • corrosivos;
  • gases comprimidos.

Outro fator sobre o armazenamento de produtos químicos é que eles devem ser estocados em um almoxarifado, nunca em um local que tenha grande fluxo de pessoas. Além disso, não é indicado o uso de prateleiras de madeira e nem forração com materiais corrosivos, como o papel.

Confira no Blog do Gaveteiro dicas importantes para fazer o armazenamento de produtos químicos e evitar acidentes de trabalho nas indústrias.

Ácidos, bases e corrosivos devem ficar próximos ao chão, preferencialmente em armários com exaustão. Já os inflamáveis e explosivos precisam ficar distantes dos óxidos, lembrando que todos devem ser armazenados longe da luz solar.

2. Faça sinalizações de periculosidade

A sinalização nos locais de armazenamento de produtos químicos precisa ser uma das primeiras ações desenvolvidas pelos técnicos e responsáveis da empresa. Seguir as normas de sinalização por cores ou placas é importante para identificar os produtos e também os equipamentos de segurança, além de delimitar áreas de risco.

Para isso, o responsável pela segurança da empresa pode criar um mapa de risco. Esse mapa serve para sinalizar aos funcionários sobre os perigos de cada ambiente. Outro exemplo é a placa de produtos químicos. Nela, são apresentados o tipo de produto e seu grau de periculosidade. Veja:

  • explosíveis;
  • tóxicos;
  • inflamáveis;
  • radioativos;
  • corrosivos;
  • biológicos;
  • nocivos.

É preciso ficar sempre atento ao armazenamento de produtos químicos e às suas sinalizações, pois a má manipulação pode causar sérios danos à saúde. Caso sejam expostos ao meio ambiente, podem provocar danos irreparáveis ao ecossistema.

3. Atente às instalações físicas

Depois de organizar os produtos químicos de acordo com suas compatibilidades e normas de segurança, é preciso considerar as instalações físicas. Como mencionamos, esses itens devem ser armazenados em um almoxarifado.

Esse deve ser bem sinalizado, ter ventilações e saídas de ar, prateleiras largas e instalações elétricas com alta resistência, à prova de explosão e antifaíscas. A iluminação pode ser comum, porém, as lâmpadas devem ficar a mais de 2 metros do chão e ter uma distância mínima de 1 metro entre os itens ou recipientes com os produtos.

Outras considerações sobre o almoxarifado:

  • tenha extintores e sistemas de incêndio;
  • deixe os acessos aos equipamentos sempre livres;
  • limpe imediatamente qualquer produto derramado;
  • organize e etiquete, de maneira adequada, todos os químicos e materiais;
  • em caso de fracionamento, identifique a embalagem.

4. Siga as exigências da ANTT 3665/2011 para o transporte

resolução da ANTT 3665/2011 apresenta o regulamento para o transporte de produtos perigosos, inclusive os químicos. Esse regulamento dispõe, entre outras, sobre as regras relacionadas às condições de transporte, documentação, deveres, obrigações e quais as possíveis infrações.

Algumas exigências são:

  • durante o transporte, o veículo e as cargas devem estar sinalizados;
  • os veículos usados no transporte de produtos perigosos devem ter equipamentos de segurança de acordo com a carga;
  • os veículos devem ser inspecionados periodicamente, de acordo com os regulamentos técnicos do INMETRO;
  • é proibido conduzir pessoas em veículos que tenham produtos perigosos, exceto os auxiliares;
  • não se pode transportar produtos químicos diferentes.

Esses são apenas alguns dos itens que compõem o regulamento. O documento contém várias normas que devem ser seguidas durante o transporte e o armazenamento de produtos químicos. Além desse, outros regulamentos podem variar de acordo com o estado.

5. Contrate uma empresa especializada

Como falamos, existem várias normas relacionadas ao transporte de produtos químicos. Para não ter dores de cabeça e problemas com multas, contratar uma empresa especializada é uma estratégia inteligente para minimizar os custos e maximizar os ganhos.

Trabalhar com uma empresa de transporte que tenha experiência com produtos de alta periculosidade diminui as chances de algo dar errado na estrada. Afinal, são muitas regras a serem seguidas e não dá para confiar a mercadoria a qualquer um

Confira no Blog do Gaveteiro dicas importantes para fazer o armazenamento de produtos químicos e evitar acidentes de trabalho nas indústrias.

Uma organização que tenha know-how nesse tipo de transporte garante a segurança e a proteção da carga. Contudo, certifique-se de que os motoristas dessa empresa tenham o curso de Movimentação Operacional de Produtos Perigosos (MOPP).

6. Utilize EPIs adequados no manuseio

Os EPIs (equipamentos de segurança individual) são de extrema importância no armazenamento de produtos químicos e devem fazer parte da rotina de funcionários que lidam com esses ativos. O fornecimento desses equipamentos é obrigação da empresa. Já o colaborador deve se comprometer a usá-los, já que, assim, são diminuídos os riscos de acidentes de trabalho.

Os principais EPIs para o manuseio e o armazenamento de produtos químicos são:

7. Faça treinamentos com as equipes

Você já deve ter ouvido aquela famosa frase: “prevenir é melhor que remediar”. Quando falamos em armazenamento de produtos químicos, é melhor evitar problemas do que tentar corrigi-los, não é mesmo?

Por esse motivo, investir no treinamento das equipes é muito importante. Além do uso dos EPIs, é preciso que os funcionários que trabalham com ativos de alta periculosidade saibam o que fazer em caso de emergências e, principalmente, que saibam evitar acidentes.

É fundamental capacitar os colaboradores para lidar com produtos químicos, especialmente os corrosivos, peroxidáveis e explosivos.

Como vimos, fazer o armazenamento de produtos químicos da forma correta é fundamental para evitar acidentes. Seguindo as dicas apresentadas, cuidando sempre do armazenamento, do transporte e do manuseio desses ativos, você colabora para que sua empresa fique mais protegida e seus colaboradores trabalhem em um ambiente mais seguro.

Gostou do nosso post? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais e mostre aos seus amigos a importância do armazenamento correto desses produtos!

Sobre o autor

Fernanda Silva

Fernanda Silva

Produtora de conteúdo no Gaveteiro.com.br.

Deixar comentário.

Share This