5 maus hábitos que todo o freelancer deve evitar

Você chegou àquele ponto em sua vida em que não quer ter um trabalho convencional e tornar-se um freelancer mostrou-se ser a melhor opção. Só que muito se engana quem pensa que o termo é sinônimo de falta de responsabilidade ou de dedicação e muita gente acaba vendo o tiro sair pela culatra e ficando sem trabalho, mesmo que temporário.

protelacao-freelancer-dicas-da-martaNas dicas da Marta de hoje você vai ficar por dentro dos cinco erros mais comuns que costumam ser cometidos pelos profissionais, a começar pelo pior deles: a protelação. Ao contrário da crença geral, é preciso muito mais disciplina e responsabilidade para ser freelancer do que para trabalhar em um escritório. A razão é bem simples: quando é você que faz o seu horário é muito fácil colocar outras coisas na frente e deixar o trabalho “para daqui a pouco”. E é aí que a protelação joga o seu job para o alto. Você perde prazos ou então acaba fazendo as tarefas correndo para entregá-las a tempo e o serviço feito em cima da hora perde em qualidade. Aí, já era.

responsabilidade-freelancer-dicas-da-marta

Preste atenção nas dicas da Marta: depois da protelação, a distração é a maior responsável pelos freelas perdidos. Da mesma forma que ficar adiando tarefas não está com nada, deixar a cabeça voar ou se entreter “só um pouquinho” jogando ou batendo papo no Facebook só vai fazer o seu dia não render. Por distração você pode trocar elementos insubstituíveis, pode deixar passar erros bobos e até nem prestar atenção direito do que está sendo pedido. Não dá.

Quer mais um erro bastante comum? Deixar-se levar pela preguiça de não querer pensar! Se a questão é a geração de conteúdo, por exemplo, não basta dar olhada em uma ou duas fontes para produzir um bom texto, é preciso fazer uma pesquisa mais ampla, buscar aspectos novos do assunto e informações que sejam realmente relevantes. Caso contrário, seu texto será apenas mais um no meio de tantos outros quase iguais.

freelancer-dicas-da-marta

Mais ainda não acabou não: há também aqueles que são o oposto disso tudo e acabam pecando pela pressa. E ela acaba sendo decorrente de um outro erro também muito comum, o de pegar mais do que consegue fazer. Muito freelancer fica com o olho grande achando que vai conseguir abraçar o mundo com as pernas e aí cai no erro da pressa para dar conta de tudo, o que também faz com que a qualidade despenque, e com ela o job. Mais uma vez, a dica é o equilíbrio, trabalhar com profissionalismo, responsabilidade e senso crítico – de si mesmo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s