Assédio sexual no meio corporativo

A efetiva participação feminina no mercado de trabalho colocou em discussão certas ocorrências que precisam de atenção e cuidado. O assédio sexual no meio corporativo é tratado, muitas vezes, de forma errada. Por isso é essencial discutir essa problemática que não pode se tornar algo comum e rotineiro. Antes de tudo é imprescindível constatar um abuso sofrido e logo em seguida buscar uma solução.

Boss hugs his subordinate

É claro que um assédio não é exclusivo do público feminino, pode acontecer com homens. Seja partindo de um colega de trabalho ou até mesmo do chefe. No entanto, qualquer elogio ofensivo deve ser tratado como um assunto sério. Mas como identificar um assédio? E quais as medidas você pode tomar?

Pode se apresentar de várias maneiras, com olhares repetidos, elogios sem contexto, roçar de mãos, excessiva proximidade, convites inesperados etc. Cabe a você identificar se há ou não uma segunda intenção. E caso não se sinta confortável o primeiro passo é conversar com a pessoa, comunicar a sua posição e pedir um fim para a situação. Não obtendo resultados, as investidas prosseguindo, é hora de pedir ajuda.

assedio-sexual2-blog-metropolitana-e1332346579924

Não se intimide, nem hesite em reclamar. É seu direito. Caso o assédio parta de um chefe ou alguém com grande poder na empresa, reflita a possibilidade de mudar de emprego ou buscar ajuda por meios jurídicos. Em síntese, não se cale.

 

banner com imagem de produtos de uso corporativo, imagem contém botão para fazer cotação online

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s